O que é Tecnologia da Informação (TI)?

Podemos definir como um conjunto de atividades e soluções equipadas por recursos computacionais que visam permitir o armazenamento, a proteção, o processamento, o acesso, o gerenciamento e o uso das informações.

O conjunto de soluções são composto, principalmente, por uma combinação de equipamentos (hardware) e programas (software):

  • Hardware: PC’s, notebooks, servidores, tablets, smartphones, equipamentos de redes (como: roteadores e switches), impressoras, leitores de códigos de barra, entre outros.
  • Software: sistemas operacionais, aplicativos, protocolos de comunicação, antivírus, soluções de ERP, certificados digitais, tecnologias como blockchain e afins.

Por que a Tecnologia da Informação é importante?

De acordo com um ponto de vista analítico, a informaçãoé um patrimônio, um conjunto de dados que possui valor. Quando digital, esses dados não correspondem meramente a um monte de bits e bytes, mas a um conjunto classificado e organizado de detalhes que, como tal, podem ser usados por pessoas, instituições de ensino e pesquisa, governos e outras organizações em prol de um ou mais objetivos.

Nesse sentido, a informação é tão importante que pode determinar até a sobrevivência de um negócio, por exemplo. Basta pensar no que aconteceria se uma instituição financeira perdesse todas as informações de seus clientes ou se imaginar no papel de uma pessoa que enriquece da noite para o dia ao descobrir uma informação valiosa analisando grandes volumes de dados. A informação é tão importante que organizações de todos os portes e ramos de atividade investem constantemente em tecnologias para obtenção, classificação, análise, proteção e preservação de dados.

É aqui que a Tecnologia da Informação passa a cumprir um papel importante no dia a dia de indivíduos e organizações. São as decisões ligadas a esse conceito que irão definir como dados podem ser coletados, analisados e classificados para se transformarem em informação e, a partir daí, serem disponibilizados, acessados, processados e protegidos em benefício de determinada finalidade.

Se a informação é um patrimônio, um bem que agrega valor e dá sentido às mais diversas atividades, é importante garantir que os recursos de hardware e software sejam aplicados e mantidos de modo condizente à cada atividade. É por isso que empresas e outras organizações costumam contar com um departamento de TI. Esse departamento pode trabalhar por conta própria, ser terceirizado — quando os serviços de Tecnologia da Informação são prestados por profissionais ou empresas externas — ou, ainda, corresponder a uma combinação de ambos. O que importa é que as decisões relacionadas à TI sejam tomadas e executadas de modo a garantir que as atividades que dependem delas obtenham os recursos e resultados necessários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *